Literatura | Ensaio


O COVEIRO DE TUDO

Março de 2018

Edição: 19


Ainda que não por ofício, somos todos historiadores. No pior dos casos, somos os historiadores das nossas próprias vidas lidando com documentação.

A DECLARAR NADA

setembro de 2017

Edição: 16


Segundo os anais da estilística, durante suas aulas de latim, o filósofo Erasmo demonstrava diversos modos de escrever a frase “sua carta me agradou bastante”. Podemos usar palavras do cotidiano (“gostei muito de sua carta”), litotes (“não me desagradou”), exagero (“a melhor coisa do mundo”), erudição (“vossa epístola muito me comprouve”), entre incontáveis maneiras.

2018 | Revista Barril - ISSN 2526-8872 - Todos os direitos reservados.