EDIÇÃO 5 | Julho 2016


“Não andes por aí nua em pelo”:

O interior de uma casa burguesa, mais ou menos cem anos atrás. Mobília belle époque, biombos, cortinas e xícaras de porcelana.

Foto de Valéria Simões

DRAMÁTICAS

Rizoma criado a partir da leitura dramática de "A mulher do fundo do mar", no Festival da Nova Dramaturgia de Melanina Acentuada.

BOLHA

Peço perdão aos evoluídos criadores, mas penso que todo artista é um tanto quanto perturbado pelos porquês. Principalmente aqueles que sentiram as consternações em sua passagem por alguma academia artística.

LÁPIDES, PRAÇAS E TEATROS

Crítica a partir da crítica de Eduarda Uzêda sobre “Egotrip —Ser ou não ser, eis a comédia”, publicada no Jornal A Tarde, dia 13 de Julho de 2016.

Pensando os [dilemas] desafios do ator artista contemporâneo [diante da descentralizaçãodo drama] em meio a crise de paradigmas [1]

Para começar, façamos um acordo básico: pense junto comigo sobre o fato de que o ato criativo não ocorre apartado das mediações entre corpo e ambiente. Isso nos sugere não só uma obviedade sobre a tentativa incansável de nós ocidentais, em não separar mente e corpo ou sujeito e objeto, como também uma mudança no olhar sobre as implicações entre temporalidade e pensamento histórico.

UM CORPO SAI DE CASA PARA VER UM CORPO EM CASA

Crítica impressionisticamente selfie sobre uma experiência contemporânea de ver uma instalação performativa numa Casa Chamada Barabadá ​ A travessia para assistir/participar da intervenção “Um Corpo em Casa”, projeto coletivo de…

Foto de João Rafael Neto

Editorial #05

É com muita felicidade que chegamos à 5ª edição da Revista Barril. O trabalho de se pensar um novo pensamento crítico em artes cênicas, principalmente para as artes cênicas soteropolitanas, tem sido demasiadamente trabalhoso e intenso, mas gratificante na mesma proporção.

NOTAS MUSICAIS PARA UMA OBSESSIVA DANTESCA

Talvez o maior desafio para uma pessoa brasileira minoritizada seja rasurar a retumbante e cafona pergunta ameaçadora “você sabe com quem está falando?” com a questão-enfrentamento “você sabe de que lugar estou falando?”.

Foto de Izabella Valverde
Edições: 19 18 17 16 15 14 13 12 11 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1
2018 | Revista Barril - ISSN 2526-8872 - Todos os direitos reservados.